terça-feira, junho 25, 2024
Educação

Criação da UnDF é tema de debate virtual

foto: Lucio Bernardo Jr / Agência Brasília

Expectativa é que com a criação da UnDF a qualidade do ensino superior aumente, assim também como a quantidade de matriculados

Há anos se discute a criação da Universidade do Distrito Federal (UnDF). Desde a década de 1990 é uma obrigação legal do Distrito Federal – expressa na Lei Orgânica – criar um sistema próprio de educação superior pública.
Pensando nisso, o governo de Brasília enviou à Câmara Legislativa, no ano passado, o Projeto de Lei Complementar – PLC nº 34/2020 que trata da autorização da criação da Universidade do Distrito Federal – UnDF. Desde então a proposta tem passado por emendas e debates entre os deputados distritais.
O próximo passo para a criação da UnDF é o seminário Perspectivas e Desafios da Universidade do Distrito Federal promovido pela Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal (FUNAB), com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) e do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).
O evento será on-line e tem como objetivo discutir temas importantes para a criação da UnDF, e também conhecer os dados dos primeiros estudos de viabilidade para a criação da nova instituição.
São esperados no evento representantes do governo do DF, da comunidade acadêmica, de instituições públicas e privadas, parlamentares distritais, agências de fomento, órgãos de representação profissional e do governo federal.
Mas o seminário será aberto a toda comunidade do Distrito Federal. Todos os interessados poderão participar do evento virtual Perspectivas e Desafios da Universidade do Distrito Federal, no dia 20 de abril, a partir das 9h, com previsão de encerramento às 17h. Informações, inscrições e programação podem ser conferidos no site: www.projetoundf.com.br
A expectativa do Executivo é que com a criação da UnDF a taxa bruta de matrículas na educação superior cresça e ajude a atingir a meta prevista no Plano Distrital de Educação – PDE 2015-2024 – que é o aumento de 65%. Além disso, que haja uma melhoria na qualidade da educação superior e que amplie a proporção de mestres e doutores no quadro de professores em exercício do sistema de educação superior do Distrito Federal.
O GDF ainda espera que a criação da universidade agregue esforços à formação de profissionais da Educação Básica pública para o DF, de acordo com o previsto na atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Outros impactos financeiros, regulatórios, logísticos, sociais, urbanísticos, econômicos e produtivos da criação da UnDF estão detalhados no estudo concluído pelo Cebraspe e parceiros.