sexta-feira, julho 19, 2024
Desta semanaEducação

GDF vai nomear mais de 3 mil professores

Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Governador assina decreto que autoriza a maior nomeação da educação da capital federal

Nesta sexta-feira, 14 de maio, o Governo do Distrito Federal vai realizar um marco na contratação de servidores da capital. Será homologada a nomeação mais de 4 mil servidores para uma das pastas mais importantes da cidade, a educação.

Em cerimônia na Praça do Buriti, marcada para as 10h, o governador Ibaneis Rochaassina decreto que autoriza a nomeação de 3.442 servidores para a Secretaria de Educação do DF. Serão 3.204 mil professores da educação básica, da carreira magistério público (com jornadas de 20h e 40h semanais), 80 pedagogos orientadores educacionais, 258 gestores em políticas públicas e em gestão educacional e outros 630 analistas em políticas públicas.

No último 29 de maio, foi publicada no Diário Oficial do DF a alteração da Lei nº 7.313, de 27 de julho de 2023 que trata das diretrizes orçamentárias para o exercício financeiro de 2024. O dispositivo sanciona texto aprovado pela Câmara Legislativa que autoriza o acréscimo de recursos para provimento de cargos na Secretaria de Educação. Será investido de mais de R$ 1,4 bilhão nos próximos três anos com os novos servidores. 

Para o Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), a nomeação desses concursados representa uma conquista significativa para a categoria. A entidade destacou que muitas escolas da rede pública enfrentam desafios devido à alta dependência de professores temporários. Por exemplo, a Escola Classe 01 de Taguatinga opera com 7 professores efetivos e 12 temporários, enquanto o Centro de Ensino Fundamental 30 de Ceilândia tem 15 efetivos e 23 temporários. Com a nova nomeação, espera-se que essas instituições e muitas outras possam finalmente contar com um número maior de profissionais efetivos, proporcionando maior estabilidade e qualidade no ensino.

O Sinpro afirma que a convocação vai ao encontro do compromisso feito com a Comissão de Negociação do sindicato no último dia 19 de maio, quando a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, afirmou que a nomeação dos aprovados seria feita de uma só vez, na primeira quinzena de junho.

Em nota ao DF Notícias, o governador Ibaneis Rocha afirma que: “É mais uma nomeação que fazemos nessa área tão importante, que é a Educação. Nosso compromisso é com o fortalecimento sempre da rede pública”.

Novo concurso

Além desta significativa nomeação, a Secretaria de Educação está planejando um novo concurso público para 2024. Esse concurso é uma resposta à iminente aposentadoria de muitos servidores que ingressaram na rede de ensino nos anos de 1996 a 1998. Estima-se que entre 1,8 mil e 2 mil professores possam se aposentar em breve, criando uma necessidade urgente de reposição de pessoal. A expectativa é que o novo concurso permita a convocação dos aprovados já no início de 2025, garantindo a continuidade da educação de qualidade e atendendo às demandas futuras da rede pública de ensino.