terça-feira, junho 25, 2024
Educação

Brasiliense é admitido em universidade americana

Foto: André Amendoeira – Ascom SEEDF

“O sonho encheu a noite, extravasou pro meu dia, encheu minha vida….”, os versos da poeta Adélia Prado traduzem a trajetória do jovem Felipi Alisson de Sousa, 19 anos, para realizar um sonho. Depois de um ano atípico e, ainda assim, de muito estudo, o Felipi saiu do Centro Educacional (CED) 01 do Guará para ser aprovado na Stetson University, na Flórida. “Meu ingresso no Centro Interescolar de Línguas (CIL) do Guará nasceu da vontade em participar de um intercâmbio. No entanto, fazer graduação nos Estados Unidos parecia um sonho inatingível”, conta.

O sonho não se tornou realidade da noite para o dia. Além de cursar o ensino médio, houve uma época em que o jovem se dividia entre as aulas, o trabalho e um curso técnico noturno. “Houve momentos decisivos, como a minha ida ao Japão por meio de um programa. Nessa época, a ajuda da professora Rose, do CILG, contribuiu para minha aprovação”, relata o estudante.

Posteriormente, Felipi foi aprovado no Programa Jovens Embaixadores. A iniciativa coordenada pela Embaixada dos Estados Unidos seleciona estudantes de escola públicas de todo o Brasil para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. “Viajei em janeiro de 2020, junto com outros estudantes, e descobri a possibilidade de fazer a graduação no exterior”, explica.

Fonte: SEE-DF