terça-feira, abril 23, 2024
Desta semanaJustiça

Cartórios recebem denúncias de violência doméstica

Desde a segunda-feira (25), os mais de 13 mil cartórios do país passaram a ser pontos de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica. A iniciativa nacional é permanente e conta com a participação da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), entidade que representa todos os cartórios do país, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Todos os cartórios estão preparados para identificar o pedido de socorro emitido pela vítima de violência doméstica por meio de um X desenhado na palma da mão, símbolo da campanha Sinal Vermelho.

A marcação é uma maneira discreta de sinalizar uma situação de vulnerabilidade. Com isso qualquer colaborador do cartório pode identificar o risco enfrentado pela mulher e chamar a polícia.

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília