terça-feira, abril 23, 2024
CidadesDesta semana

DF ganha projeto para impulsionar turismo

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasília

Proposta quer atrair visitantes para o turismo cívico, principalmente aos finais de semana

A capital federal ganhou no início desta semana, um programa inovador para impulsionar o turismo cívico. Foi lançado do dia 20 de novembro, o programa “Conheça o Brasil: Cívico”, uma colaboração entre o Ministério do Turismo (MTur), a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur) e o trade turístico local.

O principal objetivo do programa é atrair visitantes para a capital nos períodos em que a movimentação turística tende a diminuir, especialmente nos finais de semana. A iniciativa surge em resposta à queda na ocupação hoteleira durante esses dias, com até dez mil leitos vagos registrados.

O secretário de Turismo do DF, Cristiano Araújo, salientou que o programa visa suprir essa carência nos hotéis de quinta a domingo. O foco está voltado para estudantes, professores e pesquisadores de todo o país, oferecendo roteiros que exploram ícones da democracia brasileira, como a Esplanada dos Ministérios, a emblemática Praça dos Três Poderes e o imponente Congresso Nacional.

O ministro de Turismo, Celso Sabino de Oliveira, destacou a relevância do programa para aproveitar a ociosidade nos finais de semana, ressaltando a riqueza do patrimônio cultural da cidade. Além disso, ele enfatizou a importância das parcerias para facilitar o acesso de estudantes, universitários, secundaristas, professores e pesquisadores, tornando o turismo mais acessível.

O programa também introduz um componente financeiro inovador: o “Conheça Brasil: Realiza”. Trata-se de uma parceria entre o Ministério do Turismo e o Banco do Brasil que oferece crédito facilitado para a aquisição de pacotes e serviços turísticos. Com a possibilidade de parcelamento em até 60 vezes, essa iniciativa tem como objetivo tornar o turismo em Brasília ainda mais acessível, especialmente para o público-alvo do programa.

Henrique Severino, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), considerou a importância do aspecto econômico do projeto e a parceria com o Banco do Brasil como determinantes para o sucesso da iniciativa. Ele ressaltou que o turismo cívico oferece uma experiência única de entretenimento com conhecimento, exigindo mais estímulo e esforço para despertar o interesse das pessoas.

Ações diversificadas

O programa abrange não apenas a promoção de roteiros turísticos, mas também iniciativas abrangentes para fortalecer o setor. Isso inclui a qualificação de profissionais de atendimento ao turista, investimentos em equipamentos de meios de hospedagem e alimentação, bem como a capacitação de guias e condutores de turismo. Além disso, estão planejadas ações promocionais para estimular o espírito cívico dos brasileiros, além da mobilização de instituições de ensino em todo o país para divulgar a iniciativa entre alunos, professores e pesquisadores.

Com a implementação desse programa abrangente, a intenção não é apenas atrair mais visitantes para Brasília, mas também consolidar a capital como um destino turístico que oferece uma experiência rica em história, cultura e conhecimento, aproveitando ao máximo seu status como patrimônio cultural da humanidade.