terça-feira, junho 25, 2024
CidadesDesta semana

DF terá primeira delegacia para animais do país

Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

Unidade trará mais meios de proteção aos animais e possibilitará mais qualidade nas investigações de crimes

Pesquisa elaborada pelo Instituto Pet Brasil aponta que o Brasil encerrou 2021 com uma estimativa de 149,6 milhões de animais de estimação, um aumento de 3,7% sobre os 144,3 milhões do ano anterior. 

Segundo o levantamento, os cães lideram o ranking, com 58,1 milhões de indivíduos. As aves canoras vêm em segundo, com 41 milhões. Os gatos ficam em terceiro lugar, com 27,1 milhões, seguidos de perto pelos peixes (20,8 milhões). E depois vêm os pequenos répteis e mamíferos (2,5 milhões).

Por outro lado, também aumentou o número de casos de maus tratos a animais. De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal, foram registrados 958 boletins de ocorrências de maus-tratos e crueldade contra cães, gatos e outros animais entre 2019 e 2021, no DF. Foram 243 ocorrências em 2019. No ano seguinte, o número subiu para 315. E, ao final de 2021, chegou a 400 registros.

Por isso, o governo anunciou que o Distrito Federal será a primeira unidade da federação a ganhar a primeira delegacia de proteção animal do Brasil. De acordo com o GDF, a nova unidade será instalada no complexo do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e terá uma equipe completa de delegados, agentes e escrivães.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Darbas Coutinho, a criação da delegacia especializada pretende aumentar os meios de proteção aos animais, além de possibilitar que as investigações dos crimes sejam feitas com ainda mais qualidade. “Acreditamos também que a sociedade vai se sentir mais amparada para fazer denúncias”, afirma o delegado.

Com a implantação da unidade especial para animais, a Delegacia do Meio Ambiente (Dema) deverá passar por mudanças. Uma delas envolverá o foco de atuação da unidade, que ficará mais voltada para crimes ambientais, como parcelamento ilegal do solo.