terça-feira, abril 23, 2024
CidadesDesta semana

GDF e Uber oferecem desconto para vítimas de violência

Foto: Freepik

Mulheres que forem a delegacias para fazer denúncia ou buscar acolhimento receberão R$ voucher de R$40

O Governo do Distrito Federal (GDF) e a empresa de transporte por aplicativo Uber Brasil firmaram uma parceria inovadora para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica. Desde a última quarta-feira (8), mulheres que forem a uma das delegacias especializadas de atendimento à Mulher – Deams I e II, para denunciar casos de violência ou buscar acolhimento e que não tenham condições de pagar o retorno para casa, receberão um desconto de R$ 40 em corridas da Uber.

As duas delegacias terão à disposição, mensalmente, 35 códigos promocionais para distribuir entre as denunciantes. Esse desconto será aplicado à tarifa final da corrida entre a delegacia e a residência da mulher. A economia gerada por esse desconto pode variar dependendo da proximidade entre os locais, do horário da solicitação e de outros fatores que influenciam na tarifa. Em alguns casos, a corrida poderá ser gratuita, enquanto em outros casos, o valor será significativamente reduzido em comparação com uma corrida convencional.

A parceria foi oficializada no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), e está planejada para durar inicialmente um ano. Além dos descontos em corridas, o acordo inclui a divulgação de material educativo relacionado ao enfrentamento da violência de gênero para motoristas e usuários cadastrados no aplicativo de transporte. Esse material educativo abordará os diferentes tipos de violência, como a física, psicológica, moral, sexual e patrimonial, bem como os canais de denúncia e os locais de acolhimento disponíveis.

O secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, enfatizou que o enfrentamento da violência de gênero é uma responsabilidade de toda a sociedade e demanda uma mudança cultural. Ele afirmou que é essencial educar crianças desde cedo para respeitar os outros e promover a igualdade de gênero.

“É preciso que a gente eduque as nossas crianças, os nossos pequenos menininhos, para que respeitem as nossas pequenas menininhas e, crescendo juntos com esse tratamento respeitoso, nós vamos construir, realmente, uma mudança cultural onde vamos ter paz e menos violência doméstica”, destacou Avelar.

Assistência virtual

Além da parceria com a Uber, as mulheres podem ter acesso ao código promocional no transporte por aplicativo por meio do Projeto Ângela, uma assistente virtual desenvolvida pela Uber Brasil em parceria com o Instituto Avon. Para receber o código promocional de R$ 40, as mulheres precisam entrar em contato com o Projeto Ângela pelo número (11) 9 4494-2415, que pode ser acessado por ligação (gratuita independentemente da localização) ou por mensagem de texto via SMS ou WhatsApp. Também é possível solicitar o auxílio pelo site. No processo, são solicitadas informações sobre o caso, e então é disponibilizado o código promocional. Este voucher é disponibilizado uma única vez.

O serviço do Projeto Ângela é gratuito para todo o Brasil e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Lançado em 2020, o projeto também oferece informações sobre serviços de acolhimento e apoio a vítimas de violência doméstica, contato com psicólogos e apoio jurídico. Todas as informações fornecidas pela pessoa são confidenciais e servem apenas para registro dos casos e monitoramento.

A parceria inovadora entre o GDF e a Uber Brasil busca fornecer apoio e soluções práticas para mulheres vítimas de violência doméstica, incentivando a denúncia e facilitando o acesso a ajuda quando mais necessária. Ela destaca a importância do envolvimento de várias partes da sociedade no combate à violência de gênero e na promoção de uma cultura de respeito e igualdade.