terça-feira, abril 23, 2024
CidadesDesta semana

Agendamento para emissão de RG não é mais obrigatório

Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Atendimentos serão feitos seguindo senhas distribuídas até às 12h 

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), anunciou, nesta terça-feira (11), que não é mais obrigatório o agendamento para a emissão da carteira de identidade no turno matutino nas unidades de atendimento da Polícia Civil.

Medida vem em complemento a uma série de providências tomadas pelo governo para resolver o problema das longas esperas e falta de sucesso no agendamento do serviço pela internet.

De acordo com a PCDF, a corporação também estendeu o serviço em todos os postos de atendimento, anexos às delegacias de polícia, em dias úteis, das 7h às 20h30. Até então, o atendimento encerrava às 19h.

O cidadão que optar por buscar o serviço sem marcação de horário, na parte da manhã,receberá uma senha distribuída por ordem de chegada até às 12h. Já no período da tarde serão priorizadas as pessoas que fizeram agendamento pela internet, porém, é possívelque haja encaixes seguindo ordem de chegada e respeitando as preferências legais, caso falte alguém que tenha feito agendamento.

Os postos de atendimento biométrico da PCDF são: 1ª DP – Asa Sul; 3ª DP – Cruzeiro; 4ª DP – Guará; 16ª DP – Planaltina; 32ª DP – Samambaia; 33ª DP – Santa Maria; 6ª DP – Paranoá; 30ª DP – São Sebastião; 27ª DP – Recanto das Emas.

Vale destacar que os atendimentos nos postos do Na Hora continuam das 7h às 19h,sendo necessário o agendamento por meio do site da PCDF. Também será utilizada a Unidade Técnica de Atendimento Móvel em apoio para maior disponibilização de vagas para atendimento.

A PCDF lembra que a primeira via do registro civil é gratuita. A segunda via tem um custo de R$ 42. Para emissão do documento é necessário apresentar a certidão de nascimento e casamento, além do CPF. Quem quiser incluir outros documentos como CNH, Carteira de Trabalho e Título de Eleitor, deve apresentar os originais. Outras dúvidas podem ser esclarecidas no site da Polícia Civil do DF.