quinta-feira, abril 18, 2024
Desta semanaEconomia

Produtos da Feira da Torre em catálogo digital

Fotos: Bruna Araújo

A partir do próximo dia 10 de março todo artesanato da feira, bem como informações sobre os artesãos e programações especiais estarão disponíveis em formato virtual

Um projeto patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC/DF) está realizando uma série de ações de valorização do artesanato tradicional produzido pelos artesãos e artesãs da Feira da Torre de TV de Brasília. Trata-se do Ocupa Torre, que teve início em dezembro de 2020 e foi remodelado para o formato digital, com finalização prevista para abril próximo.

A proposta, segundo Lurdinha Piantino, coordenadora do projeto, é melhorar a qualidade laboral e de vida dos artesãos e artesãs que trabalham num dos pontos mais culturais e turísticos da capital federal: a Feira da Torre de Televisão de Brasília.

Um dos produtos entregues à população será um catálogo virtual, disponível no site www.ocupatorre.com.br a partir do próximo dia 10 de março, contendo as principais informações dos artesãos e artesãs que atuam na Feira da Torre de TV de Brasília. “O intuito é facilitar o acesso do público – tanto de brasilienses quanto de turistas de outras regiões – a estes talentos locais, maximizando as vendas, valorizando e dando visibilidade ao artesanato tradicional feito na cidade.

Além do catálogo, o site disponibilizará vídeos com oficinas de artesanato, ministradas por artesãos da Feira da Torre; além de palestras com temas importantes para profissionais que trabalham com produção e venda de artesanato.

Segundo Lurdinha, o projeto surgiu da vontade de movimentar a Feira da Torre, atraindo o público e oferecendo atividades tanto para o visitante quanto para as próprias pessoas que trabalham lá.

“Com a mudança da Feira da Torre para um espaço maior e mais amplo, o público acabou tendo mais dificuldade em visitar todos os boxes. Neste sentido, o site poderá facilitar o acesso aos espaços que às vezes ficam mais isolados e escondidos”, explica a proponente do projeto, que também é artesã da Torre.

“Observamos, como partícipes deste ecossistema, o que poderíamos melhorar tanto para o consumidor quanto para quem produz e comercializa artesanato. Seguindo esta linha de raciocínio, o projeto inicialmente foi pensado para acontecer presencialmente em diferentes espaços da Feira da Torre de Brasília, com as oficinas e palestras abertas aos comerciantes e aos visitantes, que teriam a oportunidade de conhecer o ofício e estarem mais próximos dos artesãos e artesãs”, conta, lembrando que, infelizmente, por conta da pandemia, foi necessário adequar o projeto para o formato on-line, o que impossibilitou de existir uma relação mais próxima com o público. “Mas, por outro lado, a utilização do formato virtual abriu possibilidades para que a produção artesanal do DF seja conhecida em todos os cantos do mundo”, finaliza.

Confira a programação de oficinas e palestras, que estarão disponíveis no site ocupatorre.com.br nas próximas semanas:

Oficina 01: Técnica – Tie-dye

Artesã – Giselia do Nascimento Lima

Oficina 02: Técnica – Cestaria com palha

Artesã – Iracema Bezerra da Costa Ito

Oficina 03: Técnica – Crochê

Artesã – Edith de Souza Araújo

Oficina 04: Técnica – Papel Machê

Artesã – Lurdinha Piantino

Palestra 01: Tema – Comercialização

Palestrante – Carolina Menezes Palhares

Palestra 02: Tema – Marketing e Divulgação

Palestrante – Bárbara Rodrigues Lima

Palestra 03: Tema – Produção Artesanal

Palestrante – Mara Neiva dos Santos

Palestra 04: Tema – Precificação de Produtos

Palestrante – Renata de Melo Monteiro e Silva

Toda a programação do projeto Ocupa Torre é gratuita e aberta à população.