quarta-feira, julho 24, 2024
Desta semanaEducação

UnB é a nona melhor universidade do Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom – Agência Brasil

Foram avaliadas 27 universidades brasileiras, sendo 18 instituições federais

A Universidade de Brasília é a nona melhor instituição de ensino superior do país, de acordo com dados do QS World University Rankings. O resultado confirma trajetória crescente da Universidade nesta avaliação, considerada uma das principais do mundo.
O QS World University Rankings é elaborado pela consultoria QS Quacquarelli Symonds, uma das principais organizações a medir a qualidade do ensino superior em todo o mundo, ao lado da Times Higher Education (THE). Para o ranking, são avaliados indicadores como reputação acadêmica, reputação entre empregadores, citações e presença de estudantes e professores internacionais.
Ao todo, 27 universidades brasileiras foram avaliadas, sendo 18 universidades federais. A participação de instituições internacionais e nacionais é crescente a cada ano. No ano passado, 22 instituições de ensino superior brasileiras estavam no ranking. Este ano, mesmo com cinco universidades a mais, a UnB se manteve entre as mais bem posicionadas na avaliação.
O QS não divulga a classificação específica de universidades a partir da faixa de classificação 501-510. Também não estão disponíveis as pontuações obtidas em anos anteriores para os indicadores que compõem a pontuação final. Entretanto, a UnB tem aperfeiçoado as metodologias de acompanhamento dos rankings e conseguiu fazer o cálculo a partir dos escores publicados pela página do QS para o ranking 2022. “Com os dados e indicadores que estão disponíveis neste momento, foi possível verificar que estamos na nona colocação, o que é um excelente resultado”, pontuou o diretor de Avaliação e Informações Gerenciais, Guilherme Viana Ferreira.
Para a decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi, o avanço da Universidade ao longo dos últimos anos é fruto do comprometimento da comunidade universitária: “Mais uma vez, vemos que a UnB consegue se destacar no ranking QS World entre as instituições nacionais, mesmo em um cenário orçamentário tão adverso. Esse resultado é uma conquista do trabalho de cada um de nós, membros da comunidade acadêmica: estudantes, técnicos e docentes da Universidade”, avaliou.
A boa posição no QS World 2022 se dá em um cenário de cortes de orçamento. Os recursos para custeio destinados pela União à UnB no ano de 2021 são 8,2% menores do que o orçamento destinado na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020 e, pela primeira vez na história, a Universidade não recebeu recursos para investimento.
Fonte: Secom UnB