domingo, junho 23, 2024
Desta semanaEducação

UnB está entre as 10 melhores instituições do país

Foto: Secom/UnB

Os destaques foram o número de artigos publicados em revistas científicas de alto impacto e o número de citações em periódicos científicos de alto impacto

A Universidade de Brasília (UnB) subiu 27 posições no ranking internacional Urap – University Ranking of Academic Performance –, que mede a qualidade acadêmica de 3 mil instituições de ensino superior. A UnB passou para a 604ª posição. No ano passado, a universidade estava na 631ª. Quando comparada às outras instituições federais brasileiras, a UnB é a sétima colocada entre as 57. O ranking é desenvolvido pelo Instituto de Informática da Universidade Técnica do Oriente Médio.

“É o resultado de muito esforço da nossa comunidade acadêmica e do fomento interno que temos feito para as áreas-fim, mesmo com a drástica redução do financiamento estatal para a pesquisa no Brasil. É também mais uma demonstração de que a UnB nunca parou durante a pandemia e que continua fazendo ensino, pesquisa e extensão de excelência. Estamos muito orgulhosos”, comemora a reitora Márcia Abrahão.

A UnB se destacou em dois critérios de maior peso: o número de artigos publicados em revistas científicas de alto impacto e o número de citações em periódicos científicos de alto impacto. O Urap utiliza seis critérios com pesos diferentes para pontuar e classificar as instituições, como a publicação de artigos em colaboração com universidades de outros países e a continuidade da produção científica da instituição.

“Esse sistema de classificação é baseado em dados obtidos por fontes abertas. A melhoria no ranking é reflexo de uma decisão da gestão de apoiar, cada vez mais, a pesquisa na Universidade, por meio de editais de apoio e de favorecer a infraestrutura necessária, mesmo no cenário de cortes”, afirma a decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi.

Desde 2018, a UnB participa da avaliação. Já ocupou as 679ª, 680ª e 631ª posições entre 2018 e 2020. Entre as universidades brasileiras, ficou em 11ª, 11ª e décima. Entre as federais classificou-se em sétima, oitava e sétima.

Com informações da UnB