quarta-feira, maio 22, 2024
Desta semanaEconomiaSem categoria

Apenas 22% dos brasileiros têm bom acesso a internet 

Foto: Álvaro Henrique/SEEDF

Mais de 30% da população está no índice mais baixo de conectividade

Apesar do acesso à internet estar próximo da universalização no Brasil, um estudo lançado pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) revelou que apenas 22% dos brasileiros com mais de 10 anos de idade desfrutam de condições garantidas de conectividade. Os dados, divulgados no último dia 16 de abril, apontam para uma disparidade alarmante na qualidade e efetividade do acesso às tecnologias digitais em diferentes segmentos da população.

O estudo, intitulado “Conectividade Significativa: propostas para medição e o retrato da população no Brasil”, distribuiu variáveis ​​como custo da conexão, uso diversificado de dispositivos, tipo e velocidade de conexão e frequência de uso da internet para medir a qualidade da conectividade. Com base nesses critérios, os pesquisadores desenvolveram uma escala de 0 a 9, na qual a pontuação zero indica ausência de todas as características afetadas, enquanto o novo denota a presença de todas elas.

Segundo o estudo, 33% da população brasileira está no nível mais baixo do índice de conectividade, com pontuação entre 0 e 2 pontos, enquanto 24% ocupam a faixa de 3 a 4 pontos. A análise revela que os índices mais baixos são observados entre os pretos e pardos, nas classes sociais D e E, e nas regiões Norte e Nordeste do país. Além disso, as cidades menores também enfrentam uma defasagem significativa em relação ao acesso à internet de qualidade.