terça-feira, junho 25, 2024
Desta semanaJustiça

Como se prevenir do golpe da mão fantasma

Foto: fxquadro/Freepik

Cartilha lançada pelo MPDFT orienta população para evitar queda em nova fraude praticada via celular

A Secretaria de Tecnologia da Informação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) lançou recentemente material explicativo para alertar a população em geral a respeito de um recente golpe que vem sendo aplicado por meio do uso do celular, sob a falsa impressão de ser um serviço bancário. A cartilha é bem resumida e objetiva e explica sobre o chamado golpe da mão fantasma ou golpe do acesso remoto.

O crime é praticado por meio de ligações telefônicas, onde os criminosos se passam por atendentes, solícitos e educados, utilizando gravações semelhantes às originais dos bancos, e pedindo que um aplicativo seja instalado. É por meio dele que o hacker tem acesso ao celular da vítima. Entre outras informações, a STI salienta que as instituições bancárias não efetuam ligações para seus clientes pedindo a instalação de Apps. 

Segundo Luciana Freitas, chefe da Seção de Governança de TI do MPDFT e palestrante desde 2017 sobre segurança da informação, a intenção do material é evitar que mais cidadãos sejam vítimas deste golpe e fiquem atentos a outros semelhantes. “Estar bem informado é nossa principal arma contra esse tipo de ataque, onde a pessoa mal intencionada se utiliza de engenharia social para nos convencer a fazer algo que ela deseja. Diminuímos nossas vulnerabilidades quando sabemos como agir. Meu esposo foi vítima de tentativa desse golpe. Ele suspeitou e desligou, mas fiquei imaginando quantas pessoas acabam perdendo dinheiro por causa disso. Não retenha essa informação para si, compartilhe!”

Com informações do MPDFT