sábado, abril 13, 2024
Desta semanaJustiça

Torres poderá ser ouvido em sessão reservada na CLDF

Novo requerimento marca para próxima quinta-feira (16) depoimento do ex-secretário

Na tentativa de ouvir o ex-secretário de segurança pública, Anderson Torres, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos atos antidemocráticos da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado Chico Vigilante apresentou requerimento para que o ex-secretário seja ouvido na próxima quinta-feira, dia 16 de março, às 10 horas, em reunião reservada da CPI.

De acordo com informações da Casa, o requerimento foi assinado por todos os cinco deputados da comissão que estavam presentes: Hermeto (MDB); Fábio Felix (Psol), Jaqueline Silva (sem partido) e Pastor Daniel de Castro (PP).

Dessa vez, a proposta é ouvir Torres em reunião reservada, sem a presença da imprensa, sem transmissão pela TV Câmara Distrital e com a participação apenas dos membros da comissão e de servidores definidos pela presidência do colegiado.

O relator da comissão, deputado Hermeto, questionou o presidente da CPI quanto a publicidade das informações que poderão ser dadas pelo depoente. Segundo Vigilante, “o que ele disser reservadamente pode ser publicado”, garantiu.

A comissão havia marcado para a última quinta-feira (9) o depoimento do ex-secretário, contudo, mesmo com a autorização no ministro Alexandre de Moraes, Anderson Torres não compareceu à sessão onde seria ouvido. 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil