domingo, junho 23, 2024
CidadesDesta semana

DF tem emissão de identidade em domicílio

Serviço é oferecido gratuitamente a para cidadãos que enfrentam alguma dificuldade para ir até os postos de atendimento

Foi instituída no Brasil, desde janeiro de 2023, a nova carteira de identidade. O documento tem padrão nacional e número único, o cadastro de pessoa física (CPF). O objetivo da iniciativa é melhorar a base de dados dos cadastros do governo, reduzir as fraudes e ampliar a segurança dos processos de identificação de cidadãos no Brasil.

O serviço de emissão da carteira de identidade aqui, na capital, é de responsabilidade da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), órgão que tem buscado maneiras de garantir a todos os brasilienses os serviços essenciais de identificação. 

Uma das ações especificas da PCDF foi realizada na semana passada, em uma instituição localizada no Lago Sul. O trabalho rendeu a emissão de 20 documentos de identidade durante oito horas de atendimento, distribuídas em dois dias. Quatro papiloscopistas policiais participaram da inciativa.

Nesta semana, a equipe do Instituto de Identificação se prepara para atender um instituto situado em Ceilândia. Segundo a Polícia Civil, a demanda por ações domiciliares é particularmente alta entre públicos específicos, como pessoas com déficit neurológico, acamadas ou cadeirantes, que enfrentam diversas comorbidades. Essas condições tornam o deslocamento até as unidades de referência muito difícil e requerem um tempo de atendimento mais longo.

“O atendimento em casa ou hospital é oferecido a todos os cidadãos que, por motivo justificável, não possam se deslocar a uma das unidades da PCDF”, explica Robson Braz, chefe da Seção de Operações Papiloscópicas Externas (Sope/II). Este serviço visa atender de forma eficiente aqueles que realmente necessitam, garantindo que todos tenham acesso à documentação essencial.

Para os cidadãos que precisam desse tipo de serviço, a PCDF disponibiliza informações detalhadas sobre o procedimento necessário para a confecção de carteiras de identidade em domicílio por meio de sua página na internet

Cabe destacar que o serviço na modalidade domicílio está sujeito à capacidade operacional da seção, o que significa que nem todos os pedidos podem ser atendidos imediatamente.

Além disso, é importante ressaltar que não deve haver pressa para a emissão do novo documento, visto que a carteira de identidade antiga tem validade até 2032.

A iniciativa reforça que a PCDF está empenhada na inclusão e na acessibilidade, garantindo que todos os cidadãos, independentemente de suas limitações físicas, tenham acesso aos serviços essenciais de identificação.

Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília