quinta-feira, abril 18, 2024
CidadesDesta semana

Taguatinga: um canteiro de obras

Foto: David Pena

Cidade tem recebido importantes obras, as principais são: o túnel de Taguatinga e a primeira etapa da requalificação da Avenida Hélio Prates. Administrador da cidade aponta ainda outras benfeitorias que têm sido realizadas em todas as partes da região administrativa

A cidade de Taguatinga tem enfrentado desvios no trânsito, tapumes, poeira, trabalhadores da construção civil e muito barulho de máquinas todos os dias. Mas tudo isso é por um bom motivo: a região administrativa, que tem 63 anos, virou um verdadeiro canteiro de obras a céu aberto. De Norte a Sul é possível encontrar placas de sinalização de obras e reparos.

De acordo com informações oficiais da Secretaria de Obras, “no momento há duas obras importantes em andamento com impacto na região de Taguatinga: o túnel de Taguatinga e a requalificação da Avenida Hélio Prates. O Túnel de Taguatinga tem investimento de R$275 milhões e a Avenida Hélio Prates (etapa 1) conta com R$16 milhões. As duas obras têm previsão de entrega no primeiro semestre de 2022”, aponta o órgão.

De acordo com o Governo, “As estruturas metálicas, que servem de apoio para as vigas e lajes do Túnel de Taguatinga, estão sendo montadas. As escoras – chamadas de cimbramento e que sustentam o peso do concreto, a movimentação de operários e os equipamentos – são provisórias e representam mais uma etapa da obra, que custa R$ 275,7 milhões e gera 1,7 mil empregos. Os serviços, que estão 40% executados, vão beneficiar 137 mil motoristas, desafogando o trânsito da região”.

Segundo um dos engenheiros responsáveis pela obra, Bruno Almeida, a nova fase deve durar de sete a oito meses. “É uma etapa extremamente importante para o andamento da obra. As estruturas metálicas são fundamentais para a construção das vigas e lajes do túnel”, ressalta. “Primeiro estamos fazendo o rebaixamento de dois a três metros. Depois, vamos colocar o rachão [espécie de concreto] e o cimbramento”, explica.

Hélio Prates

A Avenida Hélio Prates, uma das mais importantes de Taguatinga e Ceilândia, começou a ser reformulada em maio deste ano, com investimento superior a R$ 68 milhões. Na primeira etapa da obra foram investidos mais de R$ 16 milhões para a ampliação e remodelação de calçadas e estacionamentos, pavimentação e paisagismo em um trecho de 1,7 quilômetros. O consórcio HP, composto pelas construtoras LDN LTDA e AMC Engenharia e Construção LTDA, são os responsáveis pela execução dos serviços.

De acordo com o GDF, “A primeira etapa das obras será realizada entre a Via N3 até a Via M1, nas quadras QNN17, QNN18, CNN1, CNN2, QNN1, QNN2, QNM2 e QNM1. E não será uma simples reforma. As calçadas serão ampliadas, com acessibilidade e travessias, os bolsões de estacionamentos públicos serão reordenados; uma via marginal será incluída; e a via vai ganhar pavimentação em concreto na faixa de rolamento na Via MN1. Além disso, a nova Hélio Prates terá paisagismo, mobiliário urbano e serviços complementares de drenagem e sinalização”.

O governador Ibaneis Rocha anunciou a licitação para a etapa II da Avenida, com investimento superior a R$ 53 milhões. Esta etapa compreende o trecho entre a QNG/QI 1 e a EPCT (DF-001) – Pistão Norte, com extensão de 2.010 metros. De acordo com informações do administrador da região, Bispo Renato “já houve a abertura das propostas, no aguardo de eventuais recursos”, afirma.

Trabalho

A Secretária de Obras informou à redação que, “desde o início da atual gestão temos trabalhado incansavelmente na realização de obras que vão trazer mais qualidade de vida à população de todo o DF. Tiramos do papel obras há muito aguardadas, como o túnel de Taguatinga, os viadutos da EPIG e do Recanto das Emas, o hospital oncológico, entre muitas outras. No caso de Taguatinga, estamos viabilizando melhora significativa no trânsito da região com essas obras já em andamento. Também vamos investir na melhoria do sistema de drenagem de águas pluviais, especialmente no centro de Taguatinga. A iluminação pública também será melhorada. Enfim, estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida das pessoas”, disse Janaína Chagas – secretária executiva de obras.

Bispo Renato conta que, “nunca aconteceu tanto investimento do Governo do Distrito Federal nos últimos 30 anos quanto agora. É a obra do túnel, captação de águas pluviais do Centro de Taguatinga, várias reformas por toda a cidade, mapeamento das pistas da QND, QNE e QNF. Nós temos ainda em andamento a licitação da segunda etapa da Hélio Prates, que vai da Vicente Pires até o Taguacenter. Projeto em andamento da reforma do Taguacenter. Temos também a ciclovia de em 44km que está em licitação. Além disso temos asfalto, estacionamentos e calçadas. Um ganho enorme para a população de Taguatinga e para aqueles que precisam passar por aqui, para melhorar aquilo que nós já temos. É um orgulho para as pessoas morarem nessa cidade e nós nos sentimos orgulhosos desses recursos que estão sendo investidos. No governo Ibaneis, são a quase 404 milhões investidos em Taguatinga”, pontua.