domingo, junho 23, 2024
Desta semanaEconomia

Autoescolas discutem inovação e desafios na Fecomércio

Foram definidas como prioridade, articulação e aprovação de ampliação de tempo deuso de veículos e isenção de IPI

Nos dias 5 e 6 de junho, Brasília foi palco de um importante encontro que reuniu lideranças de autoescolas de todo o Brasil. Organizado pela Federação Nacional das Autoescolas do Brasil (Feneauto) e com o apoio da Sindauto-DF, o evento contou com a presença de presidentes de cerca de 20 entidades representativas do setor.

O evento teve como anfitrião o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire, que destacou a importância do suporte institucional para a realização do encontro. Entre os participantes notáveis estavam Ygor Valença, presidente da Feneauto; Francisco Joaquim Loiola, presidente do Sindauto-DF; e representantes da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O ex-deputado federal Abou Anni também marcou presença, contribuindo com sua experiência política para os debates.

Durante o encontro, Francisco Joaquim Loiola enfatizou a necessidade de adaptação às novas tendências de mercado. “Procuramos focar nas evoluções e tendências de mercado, como o caso de carro automático, e também acompanhar a tramitação dos Projetos de Lei que tratam do nosso segmento na Câmara dos Deputados”, afirmou Loiola. A crescente popularidade dos carros elétricos foi outro tema central, destacando a urgência de uma legislação específica para a formação de condutores nesses veículos nos Centros de Formação de Condutores (CFC’s).

José Aparecido Freire, em sua fala, celebrou as conquistas recentes do setor, como a isenção do IPVA para as autoescolas no Distrito Federal, obtida graças aos esforços do Sindauto-DF. Ele apontou para o próximo objetivo: a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os veículos das autoescolas, destacando o impacto positivo que essa medida traria para o setor.

Projetos de Lei

Os participantes do encontro definiram como prioridades a articulação para a aprovação do Projeto de Lei 2000/2022, que propõe alterações no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para ampliar o tempo de uso dos veículos destinados à formação de condutores, e do Projeto de Lei 2295/2021, que visa conceder às autoescolas a isenção do IPI na aquisição de veículos novos.

Além disso, foi discutida a criação de uma Frente Parlamentar para habilitação e educação no trânsito na Câmara Legislativa, bem como a contratação de um assessor parlamentar para garantir a segurança jurídica e a defesa dos interesses do setor em Brasília.

O encontro reforçou a importância da colaboração e do alinhamento entre as entidades representativas das autoescolas em todo o Brasil. Com o foco na modernização e adaptação às novas demandas do mercado, os participantes reafirmaram seu compromisso em continuar lutando por avanços legislativos e benefícios fiscais que fortaleçam o setor.

Foto: Cristiano Costa/Fecomércio-DF