quinta-feira, abril 18, 2024
Desta semanaEconomia

CocreationLab DF quer tirar ideias do papel

Programa está com inscrições abertas para montar segunda turma. Iniciativa oferece gratuitamente mentorias, palestras, encontros, seminários e muito networking

Quantas vezes você já pesou em tirar um projeto inovador do papel, mas não encontrou apoio? Essa é uma realidade de dezenas de brasilienses que por muitas vezes até querem empreender, mas não encontram suporte suficiente para desenvolver suas ideias.

Para pessoas com perfil empreendedor o Distrito Federal conta com um projeto inovador oferecido pela Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação do Distrito Federal (FAPDF), com apoio da Finatec, UnB, IFB e Sebrae-DF, o CocreationLab DF.

A iniciativa possui metodologia própria e é uma pré-incubadora de negócios que incentiva pessoas comuns a tirar do papel suas ideias. As inscrições para a segunda turma do projeto estão abertas até o próximo domingo (6).

Qualquer pessoa pode inscrever sua proposta. Caso tenha seu projeto selecionado, terá acesso gratuito à mentorias com profissionais do mercado, palestras, encontros, seminários e muito networking ao longo de cinco meses.

Da primeira turma, encerrada no final do ano passado, saíram 37 projetos de inovação na área da economia criativa do Distrito Federal e entorno.

O CocreationLab é o maior laboratório de ideação do país e ajuda empreendedores a transformarem suas ideias em realidade. O programa, que completou cinco anos em junho do ano passado, oferece cinco meses de mentorias, palestras, workshops e networking, em encontros presenciais e metodologia própria, a TXM Business.

Presente em várias cidades do Brasil, o CocreationLab surgiu no Laboratório de Design da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mas rapidamente expandiu sua presença para outras regiões do País, por meio de parcerias firmadas com instituições públicas e privadas, Governos, Prefeituras e Universidades.

Polos de capacitação

Os polos onde são capacitados os coworkers remetem ao ipê, planta símbolo de Brasília. Os ipês branco e roxo ficam nos campi da UnB na Asa Norte e no Gama. O amarelo e rosa ficam nas sedes do IFB em São Sebastião e Samambaia. E, o verde será no SebraeLab, localizado no parque tecnológico Biotic.

“O Brasil é um dos países que mais cria empresas no mundo, mas também é onde elas mais fecham. Nosso propósito é colocar as ideias dos alunos no papel para que eles possam fazer a estratégia e tocar seus negócios”, diz o professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Luiz Salomão Ribas, um dos criadores da pré-incubadora. “Ele precisa estar pronto quando, por exemplo, aparece um investidor que quer apostar na sua ideia”, diz.

Inscrições

Aos interessados, a segunda turma do DF terá 75 vagas e está com inscrições abertas por meio de formulário on-line  até o próximo domingo (6). O edital sobre a seleção pode ser acessado aqui

Com informações da FAP DF

Foto: CocreationLab DF / Reprodução