quinta-feira, abril 18, 2024
CidadesDesta semana

Esforços concentrados para trânsito mais seguro

Foto: Geovana Albuquerque – Agência Brasília

Ações do Detran e DER visam a construção de uma nova cultura entre motoristas, motociclistas e ciclistas que formam o trânsito de Brasília

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) tem trabalhado na promoção de um trânsito mais seguro por meio de ações educativas que atinjam diretamente motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres do DF.

Entre as ações mais constantes estão as as blitze educativas, que se espalham pelas vias das regiões administrativas. Na última segunda-feira (14), Samambaia Sul recebeu os agentes do departamento que trataram com motoristas e motociclistas temas como o uso do celular ao volante e o respeito ao ciclista e ao motociclista.

De acordo com o chefe do Núcleo de Campanhas Educativas do Detran, Miguel Videl, que coordenou o trabalho na manhã de segunda-feira, um condutor de veículo leva quatro segundos para olhar uma mensagem no celular. Nesse período o carro avança entre 40 e 60 metros e é como se o motorista estivesse sem visão.

Iniciativa foi bem recebida por quem trafegava na região.

“O Detran tem priorizado nos últimos anos uma intensa campanha educativa em todas as áreas. Com muita educação, estamos introduzindo uma mudança de cultura nos motoristas do DF”, afirma o diretor-geral do órgão, Zélio Maia.

Detran nas Escolas

Este ano o Departamento de Trânsito tem, como um dos principais focos, os estudantes. Para isso desenvolveu a campanha Detran nas Escolas. A proposta é formar professores que possam trabalhar como agentes multiplicadores nas escolas do DF, conscientizando os alunos da rede pública acerca das regras de segurança no trânsito.

A campanha começou antes mesmo da volta às aulas em todas as regiões administrativas. Enquanto os pais eram orientados sobre o cuidado ao dirigir próximo às escolas, as crianças aprendiam a atravessar as vias somente nas faixas de pedestres e somente depois de dar sinal de vida.

“Oferecemos cursos para professores da rede pública, para que trabalhem as informações junto aos estudantes, por meio de trabalho com os alunos”, explica o diretor de Educação de Trânsito, Marcelo Granja.

O projeto também conta com peças de teatro, usando o trânsito como tema. As peças são levadas às escolas que fizerem solicitação. Já para os estudantes do ensino médio o Detran faz um trabalho focado em futuros condutores, uma vez que em breve farão 18 anos e estarão em condições de tirar habilitação e dirigir.

Ciclistas

Os adeptos das bikes também são alvos das ações do órgão. A campanha Bike em Dia já começou e tem como objetivo orientar os ciclistas em ciclovias e ciclofaixas, em horários específicos, pela manhã e no fim da tarde, sobre segurança no trânsito. Enquanto o condutor é orientado, a bicicleta ganha uma pequena revisão.

“De 2020 para 2021 tivemos uma redução de mortes no trânsito na ordem de 26%. Fazendo um recorte nos diversos modais, o ciclista foi o mais beneficiado pelas políticas adotadas na área de educação, não só pelo Detran, mas por todo o Governo do Distrito Federal”, afirma Zélio Maia.

“Houve uma ampliação da malha cicloviária”, ele ressalta, “e com apoio do Detran, do DER e da Polícia Militar temos experimentado reduções sistemáticas ano a ano de mortes de ciclistas no trânsito. Nesse modal, tivemos uma diminuição entre os anos de 2020 e 2021 de 58% das mortes. Em 2020 tivemos 19 mortes. Em 2021, foram oito mortes.”

DER

O trabalho de construção de uma nova cultura no trânsito do DF também te a participação do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER). Para este ano, o órgão elaborou várias campanhas para o trânsito.

Neste mês estão acontecendo palestras para motoristas profissionais e a campanha Ciclista Consciente. O objetivo da iniciativa é informar os condutores de veículos não motorizados sobre os locais corretos para deslocamentos, a necessidade de equipamentos de proteção e o cumprimento das normas de circulação e conduta.

Em abril, aniversário da faixa de pedestre, o DER colocará em circulação os projetos Pedestre Consciente e a DER nas Escolas. A primeira proposta leva às escolas ações interativas para futuros condutores, abordando temas atuais sobre conscientização, direção, conduta e responsabilidade na condição de usuários do trânsito. Também são esclarecidas dúvidas sobre obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH)).

Já a segunda é uma campanha que busca sensibilizar a todos os envolvidos na comunidade escolar como estudantes, professores e pais sobre os riscos de acidentes no entorno das escolas.

Além dessas, muitas outras ações estarão em desenvolvimento durante todo o ano de 2022.

Com informações da Agência Brasília