quarta-feira, julho 24, 2024
CidadesDesta semana

Leitura de luz pode ser agendada

Foto: Reprodução/internet

Novo serviço da Neoenergia chega em cumprimento de normativa da Aneel que impõe às distribuidoras a oferta de alternativas ao consumidor que, por algum motivo, teve a leitura do medidor de energia impedida

Compromisso mensal, a leitura dos medidores de luz é de responsabilidade tanto do consumidor, quanto da distribuidora e energia. A data da próxima de leitura está sempre disponibilizada na fatura do mês corrente.

Mesmo com a data prevista, por vezes, leituristas não conseguem realizar a leitura dos medidores de energia pelas mais diversas condições. Para essas eventualidades a Neoenergia Brasília disponibilizou, no início deste mês, o serviço de agendamento de leitura. Agora, os clientes da empresa podem agendar o dia e o período (manhã ou tarde) para a realização da leitura que não ocorreu por conta de algum impedimento de acesso.

O serviço tem como objetivo evitar que a conta de luz seja faturada pela média e que o abastecimento não seja suspenso, já que normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prevê a suspensão do fornecimento de energia para unidades consumidoras que completarem o terceiro ciclo de faturamento consecutivo com impedimento de acesso para fins de leitura. Diante disso, o fornecimento só é reativado após a regularização da situação.

Para a moradora de Vicente Pires, Lizandra Couto, a medida vai ajudar na manutenção da regularidade do pagamento. “Sei exatamente a data de leitura da luz na minha casa, mas como sou autônoma às vezes preciso sair para atender um cliente bem no dia e período que o leiturista vai passar. Como não posso deixar de trabalhar, essa medida vai ajudar quando eu não puder estar em casa”, afirma.

De acordo com a Neoenergia Brasília, os principais motivos de impedimento da leitura são: portão fechado, animais soltos e que possam representar ameaça ao leiturista, difícil acesso ao medidor ou entrada proibida para o executor do serviço.

Mas é importante que os consumidores fiquem atentos as taxas do serviço. Para agendamento de leitura, a companhia, respaldada por normativa da Aneel, cobra R$ 8,02 para redes monofásicas; R$ 11,47 para o bifásicas; R$ 22,95 para o trifásico e para Consumidores de Alta Tensão: R$ 68,91.

O serviço busca atender a Resolução Normativa 1.000/21 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de que as distribuidoras precisam ofertar alternativas ao consumidor, dentre elas, o registro de solicitação de agendamento de leitura.

A Neoenergia esclarece que o serviço pode ser solicitado sempre que o consumidor se enquadrar em um dos impedimentos, já listados, registrados no mês anterior.

O agendamento deve ser registrado para o dia da leitura prevista (escolhendo o turno) ou até dois dias após essa data. Não será possível agendar visitas aos sábados, domingos e feriados. A Neoenergia Brasília reforça que se trata de uma solução paliativa e não definitiva, ou seja, a leitura continuará a ser feita nas datas previstas no Calendário de Leitura.

Para solicitar o serviço de agendamento de leitura, o cliente deve usar os canais de atendimento da Neoenergia Brasília:

– Relacionamento com clientes, por meio do 116;

– Atendimento presencial nas agências de atendimento no Paranoá, Planaltina, São Sebastião, Taguatinga, Samambaia e Lago Sul e com hora marcada nos postos do Na Hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *