terça-feira, junho 25, 2024
Desta semanaSaúde

Frutas são aliadas contra os excessos nas festas de fim de ano

Foto: Reprodução / Internet

Frutas sempre são boas fontes de água, fibras, vitaminas e minerais. E as mais usadas na ceia, como o pêssego, as uvas e o abacaxi, são indicadas para serem aproveitadas no pós-festa

Fim de ano é tempo de reunir familiares e amigos em volta de uma mesa repleta de comidas, brindar e comemorar a vida. Peru, castanhas, leitoa, doces e bebidas. Há opções para todos os gostos na ceia de Natal e no Réveillon. Mas, como aproveitar a comilança característica dessa época, sem colocar em risco a saúde e comprometer a forma física?  Ou até mesmo evitar uma indisposição no dia seguinte?

Para a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, a sugestão para essa época do ano é o que deve ocorrer em todos os outros períodos: devemos priorizar os momentos especiais e seguir com a rotina regrada nos demais dias. “Muitas pessoas têm medo de engordar nesse período do ano. Acho válido reforçar que aproveitar as festividades com responsabilidade não nos oferece esse risco”, ressalta. “O grande problema é manter o mesmo ritmo da ceia de natal até passar o ano novo, ou seja, quase 10 dias seguidos de excesso. Aí, certamente, acumularemos mais gordura corporal”, aponta.

Para quem tem doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, esse tipo de comportamento pode ser ainda mais danoso, devido ao risco de descompensar o controle da doença. “Devemos aproveitar as ceias e a família. Mas, nos cuidarmos nos dias seguintes é fundamental.”

Já no quesito bebidas alcoólicas, o ideal é consumi-las com moderação e aos poucos, alternando com ingestão de água e alimentos.  Caso tenha exagerado nas doses, a orientação da nutricionista para aliviar a famosa ressaca é: descanso, reidratação e restabelecer os níveis glicêmicos. “A minha principal dica é abusar da hidratação e apostar em alimentos frescos, ricos em antioxidantes”, sugere.

Renata aponta que as frutas sempre são boas fontes de água, fibras, vitaminas e minerais e indica as mais usadas na ceia, como o pêssego, as uvas e o abacaxi, para serem aproveitadas no pós-festa. “O pêssego, que fica muito saboroso nessa época do ano, nos fornece, principalmente, grande quantidade de fibras, importantes para a saciedade e para o funcionamento do intestino; potássio, importante para saúde cardiovascular e vitamina C, que tem ação antioxidante e ajuda na produção de colágeno e magnésio, prevenindo câimbras e ajudando a regular o sono”, conta a nutricionista.

Já as uvas, em geral, são muito ricas em antioxidantes, principalmente o resveratrol, que previne problemas cardiovasculares. Além disso, possuem fibras, cálcio e potássio.

Segundo Renata, o abacaxi é outro excelente aliado para uma alimentação equilibrada, pois tem uma propriedade digestiva muito importante, devido a presença de uma substância chamada bromelina. Também possui fibras, vitamina C e vitaminas de complexo B, importantes para o sistema nervoso.

A nutricionista também reforça a importância da hidratação. “Ingerir bastante água também é fundamental, ainda mais por se tratar de uma época do ano de muito calor.” Ela indica o consumo de frutas na forma de sucos, picolés, em vitaminas, misturadas a saladas de folhas, assadas com carnes, in natura.