terça-feira, junho 25, 2024
CidadesDesta semana

Reforma da Praça do Relógio em pauta

Ilustração: Seduh / Divulgação

População pode participar com sugestões para a revitalização do espaço até o próximo dia 24 de fevereiro

A Praça do Relógio é o coração de Taguatinga e é um dos cartões postais mais famosos do Distrito Federal. Além disso, é um dos pontos de maior circulação de pessoas da cidade, já que a área central oferece transporte para praticamente todas as outras regiões administrativas por meio dos ônibus e metrô e possui uma vasta e variada rede comercial.

O espaço também já foi palco para grandes eventos, feiras culturais, e reunia diariamente moradores da região que aproveitavam as sombras das árvores para lazer. Porém, de alguns anos para cá o cenário mudou, depredação, sujeira e violência tomaram conta da praça que hoje é sinônimo de medo e abandono para frequentadores e moradores que transitam pela área.

Com a expectativa de reverter o quadro atual da Praça do Relógio, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) abriu, nesta quinta-feira (10), uma consulta pública com um questionário on-line para a população fazer suas contribuições sobre a configuração da praça.

O objetivo, segundo a pasta, é coletar sugestões para a elaboração de um projeto de requalificação e urbanização do local. Os interessados têm até o dia 24 deste mês para participar da consulta, que pode ser acessada aqui.

“Essa iniciativa busca melhorar a Praça do Relógio e vai se somar ao pacote de obras voltadas àquela área central de Taguatinga”, explica a secretária executiva de Gestão do Território da Seduh, Janaína Vieira. “Para isso, a consulta pública veio como forma de democratizar o debate, colhendo as opiniões da sociedade sobre o assunto.”

A Secretaria apresenta no próprio formulário, uma proposta de projeto de requalificação da Praça do Relógio. Há um mapa da praça com sugestões de reforma e novo desenho para o espaço. Um vídeo explicativo mais detalhado também está na página.

O questionário possui perguntas relativas ao que pode ser melhorado na praça como: quais os problemas identificados na região da praça; quais atividades deveriam ser implantadas na área; e quais ações deveriam ser executadas.

O cidadão ainda pode contribuir com sugestões que julgue serem pertinentes para a elaboração do projeto de recuperação da Praça do Relógio.

Com a intenção de ampliar o acesso e incentivar a participação da população na pesquisa, a Administração Regional de Taguatinga vai fixar nas proximidades da praça cartazes com um QR Code, por onde os interessados poderão acessar a consulta pública pelo celular.