terça-feira, abril 23, 2024
CidadesDesta semana

Material de oficinas do Pdot estão disponíveis para consulta

Foto: Divulgação / Seduh

Cidadãos ainda podem participar com sugestões para a revisão do plano de ordenamento

No avanço da revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot), a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) do Distrito Federal disponibiliza o fruto de 55 oficinas participativas realizadas ao longo do ano de 2023. O conteúdo inclui registros fotográficos, atas e todo o material gerado pela comunidade durante as dinâmicas de grupo.

Para acessar o material, os interessados podem acessar o portal oficial da Seduh. Uma vez no site, basta localizar o ícone de menu na parte superior direita da página. Na sequência, clique na aba “Como Participar”. Nessa seção, procure pela opção “Oficinas Participativas” e selecione-a. Desça a página até encontrar a caixa de busca, onde é possível escolher oficinas por segmento ou procurar por uma Região Administrativa (RA) específica. Por fim, escolha a reunião desejada para acessar o material.

No caso de acesso pelo desktop, o ícone de menu já estará visível assim que o site for aberto. Todos os outros passos são idênticos aos do acesso pelo celular.

Por meio do material é possível acompanhar de perto o processo de revisão do Plano Diretor e suas dinâmicas. Ao examinar os registros, os interessados têm a oportunidade de analisar o que foi coletado das propostas feitas pela população durante a fase de diagnóstico.

Caso o cidadão queira contribuir para a revisão do Pdot, ainda é possível participar organizando encontros independentes não ligados ao Governo do Distrito Federal. Essas reuniões, chamadas de “reuniões livres”, podem ser organizadas por qualquer cidadão ou entidade e visam debater um ou mais eixos temáticos do Plano Diretor.

É fundamental destacar que para registrar uma reunião livre, alguns critérios devem ser atendidos até o dia 31 de março. Isso inclui um mínimo de 15 participantes, o registro da reunião com lista de presença, fotos e informações de contato da pessoa responsável, além da síntese das sugestões da população em até 12 propostas.

Participar ativamente desse processo é uma maneira de influenciar as decisões que moldarão o futuro urbanístico do Distrito Federal. A revisão do Plano Diretor é uma oportunidade única para a população expressar suas necessidades e contribuir para o desenvolvimento sustentável da região.