terça-feira, abril 23, 2024
CidadesDesta semana

Passarela facilitará acesso à Água Mineral

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Previsão de construção é de 150 dias e investimento de mais de R$ 3 milhões

Um dos pontos de lazer e turismo mais frequentados do Distrito Federal vai ganhar acesso seguro para pedestres. O Parque Nacional de Brasília, mais conhecido como Água Mineral, terá uma passarela que facilitará a travessia da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) na altura do Noroeste e do parque.

A demanda é antiga e para que seja cumprida serão investidos R$ 3,6 milhões, com recursos vindos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), administrada pela União. A construção será de concreto e metal e tem comocronograma: terraplenagem, sinalização horizontal e vertical, urbanização, mobilidade e acessibilidade, e obras complementares.  

A expectativa é que com a obra sejam gerados cerca de 50 empregos e que ela seja concluída em 150 dias.

Para Analice Soares o anúncio da passarela foi uma boa surpresa. “Frequento o parque há anos com meus filhos e acho a travessia muito perigosa. Nós vamos de ônibus e confesso que atravessar a Epia sempre me causa medo. Os carros andam em alta velocidade e muitas vezes os motoristas nem percebem que tem gente atravessando a pista. Tomara que essa obra não demore para ser concluída, porque assim a quantidade de acidentes vai diminuir bastante”, afirma.

O presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER), Fauzi NacfurJunior, enfatiza a importância da passagem. “É um local de grande travessia, principalmente com a criação do bairro Noroeste, com a aldeia indígena, e aqui as pessoas atravessam muito nesse local que, infelizmente, registra diversos acidentes e atropelamentos. Então, com a passarela, a gente evita e atua nessa questão de acidentes nessa rodovia”, afirma Fauzi.

A chefe do Parque Nacional de Brasília, Juliana de Barros Alves destaca justamente o grande número de frequentadores da unidade de conservação para elogiar a obra. “O parque chegou a receber 300 mil visitantes por ano, antes da pandemia, e estamos com diversos projetos para desenvolver aqui. Essa passarela vai beneficiar muito os frequentadores, os servidores e toda a população”.

O anúncio da construção da passarela foi feito nesta terça-feira (31) pela governadora em exercício, Celina Leão, na companhia de membros da equipe de governo e de parlamentares da CLDF.

Funcionamento 

O Parque Nacional tem entrada permitida aos atrativos entre 6h até as 16 horas e permanência até as 17 horas, diariamente.

A venda dos ingressos é realizada no local, em dinheiro, com direito a pulseiras de acesso para o tempo de permanência no parque. Brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil pagam R$ 16,00. Visitantes com 60 anos de idade ou mais e crianças com 12 anos incompletos são isentos. O valor mensal dos ingressos para brasileiros e estrangeiros residentes é de R$ 160,00.