quinta-feira, abril 18, 2024
Desta semanaJustiça

Venda de iPhone sem carregador é suspensa

Aparelhos e plugs de tomada têm sido vendidos separadamente, o que tem sido considerado venda casada

Polêmica desde que anunciada, vendas de iPhones sem carregador foi parar na justiça. Consumidores que se sentiram lesados ao comprar os smartphones sem carregador procuraram os Procons de Santa Catarina, São Paulo (SP), Fortaleza (CE) e Caldas Novas (GO) e abriram reclamações alegando a venda casada, prática proibida no país.

Embora multas tenham sido aplicadas e haver condenações judiciais, a Apple até o momento não tomou providências para reverter e minimizar os danos causados aos consumidores. Por isso, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) determinou a suspensão, em todo o território nacional, da venda dos telefones celulares iPhone desacompanhados dos carregadores de bateria. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União da terça-feira (6).

Além disso, foi aplicada multa à fabricante Apple Computer Brasil no valor de R$ 12.275.500, e determinada a cassação do registro na Anatel dos smartphones da marca a partir do modelo iPhone12.

A empresa já se manifestou alegando que vai recorrer da decisão.

Foto: DFN