terça-feira, junho 25, 2024
CidadesDesta semana

Alerta contra incêndios em ar-condicionado

Foto: Freepik

Com a forte onda de calor uso do equipamento se torna mais constante, mas é preciso cuidado para evitar acidentes

Calorão tem feito aparelhos de ar-condicionado trabalharem de maneira quase que ininterrupta na capital. Por isso, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal(CBMDF) alerta que os aparelhos são um dos principais vilões nos casos de incêndio em residências, caso não estejam com a manutenção adequada.

Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros e engenheiro elétrico, David Allan, aincompatibilidade entre a rede elétrica e a tensão do equipamento é uma das principais causas de princípio de incêndio no aparelho. “É muito comum ocorrer acidentes, principalmente no ar-condicionado, devido à sobrecarga elétrica na residência. O aparelho não deve ser instalado junto com a rede elétrica comum. É necessário fazer um circuito à parte”, destaca.

Verificar a voltagem e a capacidade da fiação do local de instalação é indispensável, se possível até mesmo antes da compra do equipamento. “Não tente instalar sozinho. É importante contratar um profissional qualificado com conhecimento em eletricidade ou eletrotécnica para realizar a instalação corretamente”, enfatiza David.

Com o equipamento já instalado da maneira correta, outra orientação fundamental da corporação é a manutenção periódica do ar-condicionado. A falta de limpeza e da manutenção correta, além de diminuir a renovação do ar, provoca acúmulo de sujeira e pode ocasionar um incêndio.

“Fazer uma manutenção errada ou não fazer a manutenção com profissionais qualificados pode acabar gerando um incêndio também. É sempre importante observar com o fabricante o tempo de manutenção do aparelho”, completa o bombeiro.

Sinais de alerta

O Corpo de Bombeiros alerta que o principal sinal de que algo está errado é o disjuntor disparar ou desarmar, desligando sozinho a energia da casa ou do ar-condicionado. Esse é um sinal de que existe uma sobrecarga na rede elétrica, e que a instalação pode não estar benfeita.

A qualquer sinal de perigo, deve-se desligar o aparelho imediatamente e solicitar o auxílio de profissionais para aplicar os procedimentos corretivos necessários. Em caso de incêndio, o Corpo de Bombeiros recomenda a saída imediata da residência, evacuar o local e acionar a corporação através do 193.

Sinais de mal funcionamento

⇒ Superaquecimento do plugue ou cabos

⇒ Alteração na coloração de plugues

⇒ Cheiro de queimado no ambiente, vindo diretamente do ar-condicionado

⇒ Equipamento parando de funcionar subitamente com frequência

⇒ Sons estranhos vindo do aparelho durante o funcionamento

⇒ Cabos corroídos, frouxos ou lesionados

Com informações da Agência Brasília