quarta-feira, julho 24, 2024
CidadesDesta semana

Parceria garante dezenas de lixeiras para o Taguaparque

Foto: Adm. Taguatinga

Coletores têm espaço para lixo orgânico e descartável. Previsão é que todas as lixeiras estejam instaladas até fevereiro

O Taguaparque é uma área de lazer e esportes de 95 hectares. Área se tornou referência para moradores da região e até mesmo de cidades vizinhas. O parque recebe diariamente mais de 5 mil frequentadores que buscam suas estruturas para a prática de esportes e lazer. Aos finais de semana, esse número dobra, triplica, podendo chegar a quase 20 mil pessoas.

Para manter as instalações adequadas e o meio ambiente preservado é importante que os frequentadores do parque mantenham o espaço limpo e conservado, longe da depredação e da sujeira. Para isso, a Administração de Taguatinga firmou parceria com empresa de gestão de resíduos para a instalação de 30 coletores de lixo orgânico e descartável.

Iniciativa é do administrador da cidade, Bispo Renato, que buscou empresários do setor para implementar o projeto de educação ambiental. Os recipientes estão sendo produzidos pela empresa Eco, Visão Entulho, que já instalou nesta quinta-feira (27), as primeiras sete lixeiras em áreas do parque.

De acordo com a administração, os coletores serão instalados por etapas. Na próxima semana pelos menos mais 10 chegarão ao parque. A expectativa é que até o fim da primeira quinzena de fevereiro todas as 30 unidades já estejam instaladas nos principais pontos de circulação de pessoas.

Para o administrador, “trata-se de uma medida importante por trazer em si mesma a educação ambiental dos consumidores”, explicou o Bispo Renato Andrade.

Já o gerente do Taguaparque, Daniel Leite, ressaltou que essa parceria com a empresa Eco tem o objetivo de promover “a reeducação ambiental dos frequentadores da área, em de defesa de um ambiente limpo e saudável”.

Frequentadora assídua do parque, Cristina Fernandes comemorou a notícia. “Essa é uma ótima iniciativa para a preservação do parque e ajuda muito, nós frequentadores, porque temos uma certa dificuldade para descartar lixo por aqui. Uma das programações prediletas dos meus netos é fazer piquenique aqui aos fins de semana e por vezes levamos nosso lixo para descartar em casa porque as lixeiras daqui já estão transbordando. Tomara que com esses novos coletores a população se conscientize e faça o descarte correto do lixo”, torce Cristina.